Os riscos de alguns exercícios para o joelho valgo

Posted on

Aos 42 dias, 100 aves de cada tratamento serão avaliadas, no aviário por GS, valgus e varus e incidência de calo no Coxim Plantar.

Destas aves, 60 aves de cada tratamento serão pesadas, eutanasiadas por eletronarcose e corte das veias e artéria carótida. Desta forma, pretende-se avaliar o efeito da vitamina D3 (colecalciferol) e 25-hidroxi-colecalciferol (25-OHD3) sobre a ocorrência de problemas locomotores em frangos de corte. • 4 - Fatores relacionados a manejo que afetam a produção: • Frangos de corte ▫ Manejo inicial ▫ Manejo crescimento • Produção de carne Frangos de corte ▫ Avaliação do lote ao final do período de 42 a 49 dias ▫ Várias coletas de dados durante a criação Nestes casos há degeneração, necrose e fibrose do músculo peitoral profundo em aves pesadas para corte, principalmente frango e perus, e geram perdas por condenação da carcaça durante o processamento. Nas aves reprodutoras pesadas alguns dos problemas mais comuns estão relacionados com desordens ou distúrbios reprodutivos e doenças respiratórias. Nos frangos de corte existem muitas patologias, porém as que agrupam os problemas locomotores são comuns em todas as regiões da América Latina. Entre as causas mais comuns de alta mortalidade de galinhas na fase inicial de produção, os distúrbios reprodutivos ocupam posição destacada e podem ser previnidos ou controlados em muitos casos. Os problemas de patas em frangos de corte são uma preocupação universal e constante por seu alto impacto econômico e por sua relevância no bem-estar animal.

Joelho valgo x Joelho varo

  • Deformidades angulares (congênitas, valgus-varus)
  • Spondylolisthesis (“kinky back”)
  • Nutricionais (Raquitismo com baixo fósforo; ou baixo cálcio e/ou Vitamina D3)
  • Discondroplasia tibial

De preferência, um lote de frango caipira não deve utilizar a mesma cama de outro lote, pois os riscos de contaminação das aves são enormes.

Salmoneloses Entre as doenças causadas pelas bactérias do gênero Salmonella, o tifo aviário e a pulorose são as mais comuns, esta última em aves mais jovens. Via de regra, aves atacadas por salmoneloses devem ser incineradas, pois poderá ocorrer contaminação de outros frangos e galinhas da propriedade e até mesmo do próprio homem. INTRODUÇÃO Os minerais possuem papel importante na nutrição de frangos de corte, pois uma deficiência ou excesso dietético impossibilita a expressão do máximo desempenho na fase de crescimento. Os alimentos de origem vegetal, normalmente milho e soja, constituem a base da alimentação de aves e possuem teores de cálcio em níveis insuficientes para suprir as exigências nutricionais. O balanço ou absorção de cálcio foi obtido pela diferença entre o consumo de cálcio e excreção de cálcio pelas aves, comparativamente aos ensaios de digestibilidade ou metabolismo de nutrientes. RESULTADOS E DISCUSSÃO Os parâmetros de desempenho dos frangos de corte de 1 a 28 dias em função das fontes de cálcio são apresentados na Tabela 3. Desempenho dos frangos de corte de 1 a 28 dias de idade em função das fontes de cálcio nas rações experimentais. Deposição mineral na tíbia seca e desengordurada e retenção de cálcio em frangos de corte em função das fontes de cálcio nas rações experimentais. Efeito dos níveis de cálcio em duas fontes sobre o desempenho de frangos de corte.

Crianças com joelho valgo?

  • Concêntrica: ocorre contração e diminui o ângulo da articulação.
  • excêntrica: ocorre contração e aumenta o ângulo da articulação.

Exigências Nutricionais de Cálcio e sua Biodisponibilidade em alguns alimentos para frangos de corte no período de 1 a 21 dias de idade.

Frequência de gait score (GS) para frangos de corte machos (M) e fêmeas (F) de duas linhagens criados sobre dois tipos de cama………………………………………………..42 Tabela 3. Frequência de Espondilolistese (ES) para frangos de corte machos (M) e fêmeas (F) de duas linhagens criados sobre dois tipos de cama………………………………..43 Tabela 4. Frequência de Desvio Direito (DD) e Desvio Esquerdo (DE) para frangos de corte machos (M) e fêmeas (F) de duas linhagens criados sobre dois tipos de cama…..44 Tabela 5. Correlações entre problemas locomotores em frangos de corte de 45 dias de idade em cama nova e reutilizada…………………………………………………………………………47 Tabela 1. A alta produtividade do frango se deve, principalmente, às pesquisas que levaram à obtenção de aves com um potencial genético de crescimento espetacular quando comparado com as outras espécies animais. As perdas mensuráveis ocorrem por que aves com problemas locomotores ficam mais tempo sentadas, apoiando o peito na cama do aviário, o que pode causar lesões nesta região. Isto se deve por estas aves não conseguem chegar ao comedouro e bebedouro, tornando-se frágeis e mais leves e, consequentemente apresentando piores resultados zootécnicos. A alta incidência de deformidades ósseas, principalmente as anormalidades nas pernas, é o problema mais sério que afeta o bem-estar dos frangos de crescimento rápido (BÉLGICA, 2000). Em um estudo KESTIN et al., (1992) encontraram uma incidência de mais de 26% de frangos com graves anormalidades nos membros, incluindo alterações no andar.

Tratamento para joelho valgo

  • Deformidades dos ossos longos
  • Dedos torcidos
  • Discondroplasia tibial
  • Queimaduras do tarso

Frangos de corte com deformações nos ossos longos podem se tornar gravemente debilitados e o músculo afetado pode atrofiar-se (JULIAN, 1998; FALCONE, 2007).

A discondroplasia em frangos pode envolver a cartilagem de conjugação (zona de crescimento de qualquer osso), mas ocorre mais frequentemente na parte proximal da tíbia. Essa condição, também conhecida na indústria avícola como kinky back, acomete frangos de corte entre a 3a e 6a semanas de idade (OSBALDISTON & WISE, 1967; WISE, 1970; KELLY, 1971). As aves de crescimento rápido são mais afetadas, podendo apresentar a enfermidade desde a primeira semana de vida até a idade de abate. A imobilidade imposta ao frango de corte devido à alta densidade pode agravar ainda mais o problema. Esta medida foi amplamente adotada por importadores, principalmente europeus, para avaliação do bem-estar de frangos de corte, tornando-se uma barreira não-tarifária para a importação de carne de frangos do Brasil. No entanto, alguns pesquisadores demonstram que a medida de gait score é um tanto imprecisa e demonstra poucas correlações com os problemas de sistema locomotor de frangos de corte. Ou seja, a maneira com que os frangos de corte caminham, nem sempre é afetada pela incidência de alguns problemas como degeneração femoral ou discondroplasia tibial. Sendo que o gait score pode ser o mesmo para aves com ou sem estas lesões. Isto está relacionado à grande quantidade de fezes na cama, causada pelas altas densidades de aves em produções comerciais.

Os riscos de alguns exercícios para o joelho valgo

Desta forma devem ser avaliados vários tipos de materiais que atendam as exigências físicas, químicas e econômicas da criação de frangos de corte.

Comparação entre vários tipos de cama na criação de frangos de corte. Manejo e bem-estar em frangos de corte: grau de alteração no andar e incidência de deformidades ósseas, e seus efeitos sobre a atividade locomotora. Frações nitrogenadas, glicídicas e amônia liberada pela cama de frangos de corte em diferentes densidades e tempos de confinamento. Avaliação de alguns materiais usados como cama sobre o desempenho de frangos de corte. Avaliação da polpa de citros peletizada como material para cama de frangos de corte. A frequência do gait score nas aves foi menor que 30% tanto para cama nova quanto reutilizada, o que está de acordo com as normas de muitos países importadores. Estas afecções, além de comprometerem o bem-estar das aves, diminuem a produção e qualidade dos produtos originados. Sendo assim, o tipo de cama utilizada no aviário é de fundamental importância para evitar a incidência destes problemas. Para estas avaliações foram tomadas, ao acaso em cada tratamento, 120 aves por tratamento para o gait score e 60 aves por tratamento para as deformidades valgus e varus.

Exercícios corretivos para joelho valgo

Avaliação da locomoção - Gait Score As aves amostrais foram avaliadas quanto ao gait score onde foi observado o deslocamento das mesmas em uma distância de 1m.

Avaliação de lesões de coxim plantar A avaliação de lesões de coxim plantar foi realizada por meio da observação da integridade do coxim plantar das duas patas das aves. Avaliação de Degeneração Femoral Para a avaliação de degeneração femoral a cabeça do fêmur direito e esquerdo das aves foram examinadas macroscopicamente para atribuição escores variando entre 0 e 2. Frequência de gait score (GS) para frangos de corte machos (M) e fêmeas (F) de duas linhagens criados sobre dois tipos de cama Tabela 3. Frequência de Espondilolistese (ES) para frangos de corte machos (M) e fêmeas (F) de duas linhagens criados sobre dois tipos de cama Tabela 4. Frequência de Desvio Direito (DD) e Desvio Esquerdo (DE) para frangos de corte machos (M) e fêmeas (F) de duas linhagens criados sobre dois tipos de cama…33 Tabela 5. Correlações entre problemas locomotores em frangos de corte de 45 dias de idade em cama nova e reutilizada….36 11 vii ÍNDICE DE TABELAS (APÊNDICE) Tabela 1. A qualidade da cama pode interferir sgnificativamente no ambiente, sendo a 24 12 elevação de temperatura, alta umidade e emissão de amônia os principais problemas. A síndrome de Turner é a causa mais comum de amenorréia primária, sendo responsável por um terço dos casos. Além do cariótipo 45,X, a síndrome pode estar associada ao mosaicismo cromossômico, isto é, à presença de duas ou mais linhagens com constituições cromossômicas diferentes, mais comumente 45,X/46,XX.

PRODUÇÃO DE CRISTAIS

Em indivíduos com duas cópias do gene SHOX, mutações em uma das cópias podem causar baixa estatura não associada a outros sinais clínicos da síndrome de Turner.

Além disso, merece ser enfatizado o fato de hipotireoidismo ser bem mais freqüente entre pacientes com a Síndrome de Turner que na população em geral. É importante conhecer a história natural da síndrome de Turner, para que o acompanhamento destas pacientes seja feito visando antecipar, prevenir e tratar as complicações mais freqüentes. Aos 7, 21 e 35 dias de idade, 40 frangos por tratamento foram observados para ocorrência ou não de problemas na habilidade motora, desvio valgus-varus e lesões de coxim plantar. As aves e a ração foram pesadas semanalmente para determinar consumo médio, ganho de peso médio e conversão alimentar.